Vida de Frei Damião ganha as telas de cinema do Nordeste em novembro

Compartilhe:

O filme “Frei Damião – O Santo do Nordeste” estreia nas salas de cinema da região no dia 4 de novembro, véspera do aniversário do religioso capuchinho. O longa é dirigido pela cineasta pernambucana Deby Brennand e foi Hors Concurs no Cine PE de 2019, sendo exibido fora da mostra competitiva.

Com roteiro de Nadezhda Bezerra, o filme percorre a vida do Frei Damião de Bozzano, indo da juventude na Itália até sua morte em 1997, no Recife, após anos atuando como missionário no Brasil. O longa também reúne relatos de milagres, que o levaram a ser chamado popularmente de o “Santo do Nordeste”.

O elenco conta com o ator Andrade Junior, brasiliense que interpretou o Frei Damião já idoso e faleceu em maio de 2019, e com a a atriz pernambucana Nínive Caldas, que vive uma mulher grávida que, precisando de ajuda para o parto, foi surpreendida pela ajuda e presença de Frei Damião, entre outros.

O filme participou de outros festivais além do Cine PE, sendo finalista na categoria melhor filme no festival Mirabile Dictu 2020, em Roma, na Itália, que faz parte dos festivais de cinema católico.

Veja o trailer do filme.

Processo de beatificação e canonização

Frei Damião de Bozzano foi declarado venerável em 2019 pelo Papa Francisco, ou seja, a Igreja reconhece que o religioso  exerceu, em grau heroico, as virtudes cristãs. Esse é o penúltimo passo para a beatificação, o próximo é o reconhecimento de um milagre alcançado a partir da intercessão do frade. O processo de beatificação e canonização de Frei Damião foi aberto em 2003. O primeiro passo foi dado quando a Igreja Católica reconheceu o capuchinho como Servo de Deus. Em 2012, os postuladores da causa levaram documentos para o Vaticano. Seis anos depois saiu o parecer da Comissão dos Teólogos, na Congregação da Causa de Todos os Santos, que aprovou o processo de beatificação.

História

Frei Damião chegou ao Brasil, em 1931, e passou a morar no Recife. Pio Giannotti, seu nome de batismo, participou de “Santas Missões” durante 66 anos de vida religiosa. Ele nasceu em Bozzano, na Itália, em 5 de novembro de 1898. Aos 13 anos ingressou na vida religiosa, e em 1915, aos 17 anos, emitiu os primeiros votos religiosos e recebeu o nome de Damião. Frei Damião morreu no Recife, em 1997, aos 98 anos. Ele ficou internado, por vários dias, em um hospital particular.

Com informações do G1 Pernambuco

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR​