Papa Francisco reza pelas vítimas das chuvas no Brasil

Compartilhe:

Ao final da oração do Ângelus hoje, 16 de janeiro, o papa Francisco rezou pelas “pessoas afetadas por chuvas fortes e inundações em diferentes regiões do Brasil”. No final de 2021 e início de 2022, as chuvas têm atingidos vários Estados brasileiros, sobretudo Bahia e Minas Gerais, causando enchentes e deslizamentos, deixando um grande número de desalojados e mortos.

“Manifesto minha proximidade às pessoas afetadas por chuvas fortes e inundações em diferentes regiões do Brasil nas últimas semanas. Rezo em particular pelas vítimas e suas famílias, e por aqueles que perderam suas casas. Que Deus ajude os esforços daqueles que estão prestando socorro”, disse o papa Francisco.

Em Minas Gerais, as fortes chuvas fizeram com que 377 municípios decretassem situação de emergência, isto é, 44% das cidades mineiras. Segundo a Defesa Civil, o número de desalojados no Estado já passa de 45 mil pessoas. Além disso, 25 pessoas morreram em Minas desde o início do período chuvoso, que vai de 1º de outubro a 31 de março.

Na Bahia, 26 pessoas morreram em decorrência das chuvas e 175 cidades estão em estado de emergência. Segundo a Defesa Civil, em 191 municípios onde foram registradas ocorrências, o total é de 27.210 desabrigados, 59.637 desalojados, dois desaparecidos e 523 feridos.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Cáritas brasileira estão realizando a campanha #SOS Bahia e Minas Gerais: Solidariedade que Transborda, a fim de ajudar os atingidos pelos temporais. As doações são usadas para a compra de alimentos, água potável, roupas, fraldas infantis e adultas, artigos de higiene pessoal e de proteção contra a covid-19. Os itens são distribuídos pelas Cáritas diocesanas próximas às áreas em situação crítica.

Fonte: ACI Digital

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR​