Equipe Diocesana publica roteiro para Círculos Bíblicos para maio

Compartilhe:

Irmãos e irmãs de caminhada,  eis que neste tempo pascal, , retomamos a nossa caminhada. Que o encontro dos discípulos de Emaús com o Mestre seja inspiração para a nossa caminhada: estejamos  atentos à Palavra que ilumina nossos passos, às pessoas que encontramos pelo caminho. Em nome de Jesus  Ressuscitado nos reunimos ao redor da Palavra, para ler os evangelhos, procurando descobrir o sentido  profundo de suas palavras e seus atos, lembrar sua crucificação e ouvir, a partir de dentro com coração  confiante, o anúncio de sua ressurreição.  Que a partilha da Palavra faça o nosso coração arder e, desejosos da presença do  Senhor entre nós, sentemos à mesa com o Ressuscitado e façamos a experiência da ceia eucarística para  reconhecê-lo, não só como alguém que ilumina nossa vida com sua Palavra, mas como alguém que nos  alimenta em sua Ceia. 

Equipe diocesana de animação dos Círculos Bíblicos

SEGUEM ABAIXO OS ENCONTROS

PARA O INÍCIO DE CADA ENCONTRO 

1. ACOLHIDA: A família da casa recebe as pessoas com alegria e simplicidade. Deixar todo mundo à vontade. Incentivar a participação de todos, sobretudo dos novos participantes ou dos visitantes.

2. ORAÇÃO INICIAL: – Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, Amém.
– Espírito de Amor, Ilumina nossas mentes, Abre nosso coração à tua vontade, procurada e amada.  Reforça em nós a fé e a coragem de nos doar na gratuidade. Amém
Dirigente: Rainha do céu, alegrai-vos, aleluia!
Todos: Pois o Senhor que merecestes trazer em vosso seio, Aleluia
Dirigente: Ressuscitou como disse aleluia.
Todos: Rogai a Deus por nós, Aleluia
Dirigente: Alegrai-vos e exultai, ó virgem Maria, Aleluia.
Todos: Por que o Senhor ressuscitou verdadeiramente, Aleluia,
Ó Deus pela Ressurreição de vosso Filho, nosso Senhor Jesus Cristo fizestes brilhar no mundo a alegria fazei que pela intercessão da Virgem Maria, sua Mãe, cheguemos às alegrias da vida eterna. Por Cristo Nosso Senhor. Amém

3.JORNAL DA SEMANA – Partilhar acontecimentos importantes da semana. Podem ser fatos da vida pessoal, da família, do ambiente de trabalho, da comunidade, da cidade, do país ou do mundo. O importante é não desligar o encontro da vida concreta de todos os dias. NOTA: este momento não deve ocupar muito tempo.

Círculo Bíblico em preparação para o 3º DOMINGO DE PÁSCOA (04/04/2014)

1. LEITURA ATENTA DE LUCAS 24,13-35
– Os dois discípulos abandonaram o grupo reunido em Jerusalém e caminham entristecidos, desolados e sem esperança. Sua fé em Jesus apagou-se.
– O Ressuscitado se faz presente onde um grupo de pessoas caminha pela vida procurando descobrir o significado das palavras e obras do profeta Jesus de Nazaré, onde se faz memória de sua paixão e se ouve a notícia de sua ressurreição.
– A presença do Ressuscitado vai despertando neles a esperança. Mais tarde confessarão que, enquanto Jesus lhes falava pelo caminho, “seu coração ardia dentro deles”.
– Quando Jesus toma o pão, pronuncia a bênção, parte-o e o vai dando “abrem-se lhes o olhos e eles o reconhecem”. É suficiente reconhecer sua presença, mesmo que seja por alguns instantes. A experiência de sentir-se alimentado por ele transforma suas vidas.

2. REZEMOS O SALMO 15:
Vós me ensinais vosso caminho para a vida; junto de vós felicidade sem limites!
– Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!/ Digo ao Senhor: “Somente vós sois meu Senhor:/ nenhum bem eu posso achar fora de vós!”/ Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,/ meu destino
está seguro em vossas mãos!
– Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,/ e até de noite me adverte o coração./ Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,/ pois se o tenho a meu lado não vacilo.
-Eis por que meu coração está em festa,/ minha alma rejubila de alegria,/ e até meu corpo no repouso está tranqüilo;/ pois não haveis de me deixar entregue à morte,/ nem vosso amigo conhecer a
corrupção.
– Vós me ensinais vosso caminho para a vida;/ junto a vós, felicidade sem limites,/ delícia eterna e alegria ao vosso lado!

3. VAMOS MEDITAR E NOS AJUDAR NA CONVERSA
– Os dois discípulos conhecem as Escrituras, conviveram com Jesus, ouviram o anúncio pascal das mulheres, que dizem que o crucificado “está vivo” e seus companheiros confirmam que o sepulcro está vazio. Mas, tudo é inútil. A tristeza e o desânimo nem os deixa reconhecer Jesus. Hoje em dia, que situações podem nos deixar tristes e desanimados?
– O Evangelho aponta duas experiências privilegiadas pela comunidade cristã: a escuta pessoal da Palavra e a experiência da ceia fraterna da eucaristia. Nós estamos meditando a Palavra de Deus? Estamos participando da Eucaristia?
– Aqueles discípulos retornam à comunidade e “contam o que lhes aconteceu no caminho e como o reconheceram ao partir do pão”. Quando se faz uma verdadeira experiência do Ressuscitado, não se pode guardar para si a Boa Nova e alegria experimentada. E nós, como podemos também anunciar e testemunhar, em nossa comunidade, a presença do Ressuscitado?

4. VAMOS ORAR
A presença do Ressuscitado é uma presença real de alguém que nos acompanha no caminho, mas não fácil de perceber, porque nossos olhos podem estar incapacitados de conhecê-lo. Precisamos, pois, reconhecer que somos “tardos de coração para crer”, por isso, precisamos que Ele mesmo ilumine nossos pensamentos, nossos pensamentos gestos e palavras. A cada prece, vamos rezar (ou cantar) juntos:
Fica conosco, Senhor! É tarde e a noite já vem. Fica conosco, Senhor! Somos teus seguidores também.
1. Com as famílias empobrecidas, com as pessoas abandonadas, solitárias, sem lar, sem teto, pedimos…
2. Com as vítimas de tragédia e da violência pedimos…
3. Com os jovens que percorrem caminhos cheios de perigos que ameaçam a vida e a dignidade, pedimos…
4. Com cada um de nós, em nosso dia a dia, para que não nos deixemos abater pelo medo e desanimo, pedimos…
Concedei, ó Deus, que vejamos frutificar em toda a nossa vida as graças do mistério pascal.
Por Cristo Nosso Senhor.Amém

5. ORAÇÃO FINAL

Círculo Bíblico em preparação para o 4º DOMINGO DE PÁSCOA (11/05/2014)  – (Domingo é dia das mães. O grupo pode aproveitar o encontro para rezar pelas mães e até fazer uma homenagem para elas)

1. LEITURA ATENTA DE João 10, 1-10
– O rebanho é imagem do povo. Por que as ovelhas escutam a voz do Pastor? Porque o povo reconhece, nas palavras de Jesus, a resposta de Deus à necessidade de plenitude de vida que cada pessoa carrega dentro de si.
– “Fugir”: é este o conselho que Jesus dá. Fugir dos que aparentam serem pastores, mas que, na realidade, são lobos. E, como tais, só trazem destruição!

2. CANTEMOS:
Sou Bom Pastor, ovelhas guardarei, não tenho outro ofício, nem terei: quantas vidas eu tiver, eu lhes darei.

1. Maus pastores, num dia de sombra, não cuidaram, e o rebanho se perdeu.Vou sair pelo campo, reunir o que é meu; conduzir e salvar.
2. Verdes prados e belas montanhas hão de ver o pastor, rebanho atrás. Junto a mim, as ovelhas terão muita paz; poderão descansar.

3. VAMOS MEDITAR E AJUDAR-NOS NA CONVERSA
– As autoridades da época de Jesus – políticas e religiosas – submetiam o povo pela ameaça e dominação da força, impondo sacrifícios e castigos. O povo até obedecia por medo, mas Jesus é diferente: ele não impõe seus ensinamentos, mas sua mensagem de amor convence o povo. As ovelhas reconhecem a voz do Pastor! E nós, quando falamos de Deus… conseguimos agir como Jesus, anunciando a Palavra como fonte de vida plena, de amor, esperança, liberdade, justiça e paz ou costumamos discutir, ameaçar, impor regras?

4. VAMOS ORAR
No 4º Domingo da Páscoa, a Igreja reza especialmente pelas Vocações sacerdotais. Neste nosso encontro de hoje, vamos também rezar pelos sacerdotes, especialmente aqueles que conhecemos.
(Podem ser citados alguns nomes de padres, bispos, também o Papa)
– Senhor, que o Rebanho não pereça por falta de Pastores. Sustenta a fidelidade de nossos bispos, padres, diáconos, religiosos, religiosas e ministros leigos e leigas. Dá perseverança a todos os vocacionados. Desperta o coração de nossos jovens para o ministério pastoral em tua Igreja.
Domingo também é o dia das mães. Façamos, em silêncio, nossa prece de agradecimento a Deus por nossas mães.

(Pode-se também chamar as mães presentes e invocar a bênção de Deus sobre elas. Em seguida, os filhos podem pedir a bênção às suas mães.)

5. ORAÇÃO FINAL

Círculo Bíblico em preparação para o 5º DOMINGO DE PÁSCOA  (18/05/2014 )

1. Leitura atenta João 14,1-12
– Jesus fala aos discípulos que estavam tomados de medo, quando o Mestre anunciou-lhes estar próxima a sua partida: “Que o coração de vocês não se perturbe!”
– Era preciso transformar urgentemente o sentimento que despontava no coração dos discípulos. Eles já começavam a apavorar-se diante do que lhes estava sendo revelado.
– Só havia um caminho para superar o medo: dar crédito à palavra de Jesus. Sua morte deveria ser entendida como etapa do processo de preparação de um lugar para os discípulos, na casa do Pai.
É seguindo Jesus – o Caminho – que a comunidade vive o sonho de Deus, descobre o verdadeiro sabor e sentido da nossa vida aqui na terra.

2. Rezemos o Salmo 32 (33)
Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça, da mesma forma que em vós nós esperamos!
1. Ó justo, alegrai-vos no Senhor! os retos fica bem glorificá-lo. Dai graças ao Senhor ao som da harpa, na lira de dez cordas celebrai-o!
2. Pois é reta a Palavra do Senhor, e tudo o que ele faz merece fé. Deus ama o direito e a justiça. transborda em toda terra a sua graça.
3. O Senhor pousa o olhar sobre os que o temem e que confiam, esperando em seu amor, para da morte libertar as suas vidas e alimentá-los quando é tempo de penúria.

3. Vamos meditar e ajudar-nos na conversa
– A perturbação do coração pode retirar os sentimentos mais belos: a esperança, a alegria, a felicidade e até o desejo de viver. Porém, Jesus garante que, no coração de Deus, há lugar para todos os seus filhos. Em nossas famílias comunidade, há pessoas que precisam ser lembradas de que também elas têm espaço no coração de Deus? Como vamos fazer para anunciar-lhes esta certeza?

4. Vamos orar!
Jesus é a face luminosa do Pai, Palavra que o revela, pessoa que nos põe em comunhão com a vida de Deus. Por meio de Jesus Cristo, apresentemos confiantes nossas preces ao Pai, dizendo: “Senhor
escutai a nossa prece”
– Pelos cristãos que se sentem desanimados e medrosos diante dos desafios. Para que em Cristo , Caminho Verdade e Vida, reencontrem ânimo e coragem para seguir, rezemos.
– Pelos jovens que buscam a sobriedade. Que encontrem o Caminho para a Verdade que liberta e conduz à Vida, rezemos
– Para que, mesmo nas perturbações, trilhemos pelo caminho da Fé, sejamos mensageiros e testemunhas da Verdade e promovamos a Vida, rezemos
– Por nossos filhos, para que sejam mensageiros da verdade, da paz e da solidariedade. Rezemos
Vamos fazer silêncio e nos colocar no coração de Deus, fazendo dele nossa morada.
Lembremos especialmente daqueles que desejamos que Ele acolha com especial carinho em seu coração. (momento de silêncio)
Oremos. Atendei as preces da vossa família que esta aqui na vossa presença e proclama a vossa grandeza. Por Cristo Nosso Senhor. Amém

5. ORAÇÃO FINAL 
(Lembrete: para o próximo encontro, vamos precisar de velas)

Círculo Bíblico em preparação para o 6º DOMINGO DE PÁSCOA  (25/05/2014)

1. Leitura atenta João 14, 15-21
– “Se me amais, guardareis os meus mandamentos”. Existe um único mandamento que Jesus deixou durante a última ceia, que é: amar-se uns aos outros como Ele os amou. Portanto, a prova do amor
para com Jesus está no amor recíproco, que se faz serviço para os outros!
– Como resposta a esse amor, Jesus anuncia que rogará ao Pai, “e Ele vos dará um outro defensor”. Agora, que Jesus está para ir embora, no lugar dele ficará o Seu Espírito que estará sempre em sua comunidade.
– Paráclito” significa “aquele que vem em socorro, aquele que ajuda, que defende”: “o defensor”.
– Com esta promessa, Jesus garante que a Igreja não é uma comunidade órfã, desvalida ou desprotegida. A Igreja nem mesmo tem o que temer em sua missão evangelizadora, pois estará sempre protegida pelo seu Defensor, o Espírito Santo, que dentro dela vive e age.

2.Rezemos o Salmo 65
Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira, cantai salmos a seu nome glorioso!
1. Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira, cantai salmos a seu nome glorioso, dai a Deus a mais sublime louvação! Dizei a Deus: ‘Como são grandes vossas obras!

2. Toda a terra vos adore com respeito e proclame o louvor de vosso nome!Vinde ver todas as obras do Senhor: seus prodígios estupendos entre os homens!
3. O mar ele mudou em terra firme e passaram pelo rio a pé enxuto. Exultemos de alegria no Senhor! Ele domina para sempre com poder!
4. Todos vós que a Deus temeis, vinde escutar: vou contar-vos todo bem que ele me fez! Bendito seja o Senhor Deus que me escutou, não rejeitou minha oração e meu clamor, nem afastou longe de mim o seu amor!R.

3. Vamos meditar e ajudar-nos na conversa
– Jesus define este Espírito “o Espírito da Verdade que o mundo não é capaz de receber”. O mundo é o sistema de poder. Quem vive no âmbito do poder não consegue entender o amor que se faz serviço. E Deus é isso! Que sinais percebemos da presença do Espírito de Amor no mundo que vivemos?
– A sintonia com a vida de Jesus o torna presente, vivo e vivificante dentro da comunidade. Como estamos vivendo esta sintonia?

4. Vamos orar!
A Sequência de Pentecostes é um hino muito antigo da Igreja. Enquanto rezamos, (pode ser cantada ou recitada…), pedindo as luzes do Espírito Santo sobre nós, nossas famílias, a Igreja e o mundo. vamos acendendo as velas.
A nós descei, Divina Luz! a nós descei, Divina Luz! Em nossas almas acendei o amor, o amor de Jesus
1. Vinde Santo Espírito, e do céu mandai luminoso raio, luminoso raio. Vinde, Pai dos pobres, doador dos dons, luz dos corações, luz dos corações.
2. Grande defensor, em nós habitais, e nos confortais, e nos confortais. Na fadiga, pouso; no ardor, brandura e na dor, ternura, e na dor, ternura.
3. Ó Luz venturosa, divinais clarões encham os corações, encham os corações. Sem vosso poder, em qualquer vivente, nada de inocente, nada de inocente.
4. Lavai o impuro e regai o seco, curai o enfermo, curai o enfermo. Dobrai a dureza, aquecei o frio, livrai do desvio, livrai do desvio.
5. Aos fiéis que oram com vibrantes sons dai os sete dons, dai os sete dons. Dai virtude e prêmio e, no fim dos dias, eterna alegria, eterna alegria.

Vinde Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado. E renovareis a face da terra.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR​