Em Aparecida, a celebração conjunta do Grito e da Romaria dos Trabalhadores

Compartilhe:

Está em andamento, com iniciativas em todo o país, a 20ª edição do Grito dos Excluídos. Com o lema: “Ocupar ruas e praças por liberdade e direitos!” o evento tem dimensão nacional e contribui para fortalecer a organização, a mobilização e as lutas populares. O Grito representa uma das atividades populares de maior envergadura no país e reúne sob o mesmo objetivo milhares de pessoas em todos os estados brasileiros. No dia 7 de setembro em Aparecida, se realizam juntos o 20º Grito dos/as Excluídos/as e a 27ª Romaria dos Trabalhadores, que este ano tem o lema ‘Mãe Negra Aparecida Padroeira deste chão, o povo trabalhador não aceita escravidão’. O lema deste ano dialoga com as manifestações de junho de 2013 e com a necessidade de debater a estrutura do país e, principalmente, para cobrar direitos básicos como transporte de qualidade, moradia, saúde, educação, pelo fim da violência e extermínio de jovens e dialogar com as duas iniciativas populares em curso na Semana da Pátria: a Coalizão pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas e pela Campanha Nacional pelo Plebiscito Popular da Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político. 

Abaixo, a programação do dia 7 de setembro, em Aparecida: 
06:00 – Concentração no Porto Itaguaçú – Acolhida, animação e mística.
07:30 – Saída da Caminhada do Porto até a Basílica – haverá 4 paradas no trajeto
08:50 – Chegada nos arcos do Santuário
09:00 – Chegada no Palanque para o momento do Grito
09:40 – Entrada para o Santuário
10:00 – Celebração da 27º Romaria, na Basílica.

Fonte: Rádio Vaticano 

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR​