/
/
CASA DO PÃO, LEGADO DO 18º CONGRESSO EUCARÍSTICO NACIONAL, É ESPAÇO DE APOIO À POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA EM RECIFE

CASA DO PÃO, LEGADO DO 18º CONGRESSO EUCARÍSTICO NACIONAL, É ESPAÇO DE APOIO À POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA EM RECIFE

A inauguração da Casa do Pão, marco do 18º CEN, foi realizada às 9h na sede do espaço, localizada na rua do Imperador, bairro de Santo Antônio, em Recife. A atividade inaugural ofertou um café da manhã com mil refeições para os bispos e os futuros assistidos do projeto. Os preparativos dos alimentos tiveram início às 5h30, no convento de Santo Antônio, na mesma localidade.

A feitura das refeições contou com o auxílio de 120 voluntários, que já realizam trabalhos ligados a inúmeras organizações não governamentais e à Pastoral do Povo de Rua do Regional Nordeste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB NE2).  Para os moradores em situação de rua, o projeto Banho do Bem garantiu a higiene pessoal.

Artesanato Costa presenteia a Pastoral Nacional do Povo de Rua
Artesanato Costa presenteia a Pastoral Nacional do Povo de Rua, com a imagem de Jesus da rua

O ato inaugural contou com o pronunciamento do legado pontifício, dom António Marto, e do arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido. Na sequência, o corte simbólico da fita e o descerramento de placa concluiu a cerimônia. As mil refeições foram postas à mesa e servidas em marmitas numa estrutura que será montada no mesmo logradouro, e ofertou – entre as opções do cardápio – cuscuz, bolo, sanduiche, suco e café.

Legado de solidariedade

Na Casa Pão serão ofertados diversos serviços, tais como uma lavanderia, para que as pessoas em situação de rua possam fazer a higienização adequada das próprias roupas. Haverá vestiários com banheiros e chuveiros, para banhos dignos e área para os cuidados básicos de higiene pessoal.

O espaço ainda oferecerá atendimentos médico, psicológico e jurídico. Terá também grupos de apoio, oficinas e cursos profissionalizantes, refeitórios, além de uma capela para atividades religiosas e uma padaria, para consumo próprio e vendas dos produtos no local. A manutenção da Casa do Pão ficará a cargo de voluntários e do diaconato da Arquidiocese de Olinda e Recife, em parceria com instituições públicas e privadas.

Texto: CNBB

Fotos: Assessoria de Comunicação do 18º CEN

Compartilhar: