Cáritas Diocesana tem nova sede

Compartilhe:

A Cáritas Diocesana de Pesqueira é uma organização não governamental que tem como objetivo promover a solidariedade libertadora a partir das paróquias, resgatando nas pessoas o sentimento humanitário. Através da solidariedade pela vida, a Cáritas busca contribuir para as melhorias da vida no planeta, unindo meio ambiente e sociedade em um diálogo sustentável. Dentre as linhas de ação estão à convivência com o semiárido; políticas públicas adequadas e geração de trabalho e renda, defesa e promoção dos direitos, e promoção e fortalecimento de iniciativas locais e territoriais de desenvolvimento solidário e sustentável. Executados em parceria com a Diocese de Pesqueira e a Articulação no Semiárido Pernambucano (ASA/PE), os programas de implementações de tecnologias de acesso à água, 1 Milhão de Cisterna (P1MC) , Uma Terra e Duas Águas (P1+2) e Pernambuco Mais Produtivo, vem transformando a vida de milhares de agricultores e agricultoras do semiárido pernambucano.

Para a secretária executiva da Cáritas Diocesana de Pesqueira e coordenadora executiva da Articulação no Semiárido pelo Estado de Pernambuco (ASA-PE), Neilda Pereira, as ações realizadas trazem como mote a convivência com o Semiárido. “A seca é um fenômeno natural, cíclico e previsível. É preciso consolidar e avançar na lógica da convivência no Estado. Essas cisternas e outras diversas tecnologias sociais têm demostrado que é possível construir um Semiárido pernambucano diferente”, enfatizou Neilda. A agricultora familiar e líder comunitária de Angélica, zona rural de Buíque, no Agreste do Estado, Santina Oliveira, festeja a chegada da cisterna na comunidade. “Antes, a gente carregava lata d’água na cabeça. Agora, temos água para beber, cozinhar e plantar na porta de casa. Mudou muito a vida da nossa comunidade”, disse orgulhosa. Esses programas destinam-se a melhorar a qualidade de vida dos agricultores/as familiares. As famílias e comunidades beneficiadas também são mobilizadas a participarem efetivamente do processo de construção e de espaços de qualificação profissional e formação cidadã, que ocorrem por meio de capacitações técnicas, intercâmbios e sistematizações coletivas de experiências agroecológicas bem sucedidas. Entre as diversas tecnologias implementadas no semiárido e estão a cisterna de placa, cisterna calçadão, cisterna enxurrada, barragem subterrânea, tanque de pedra, bomba d’água popular, barreiro-trincheira e barraginha.

Novas instalações

A Cáritas Diocesana a partir do próximo dia (30) funcionará em novo endereço. Um espaço amplo localizado no centro de Pesqueira. O local sediará os setores administrativos, secretaria executiva, técnico, articulação, coordenação e comunicação, além de um auditório com capacidade para 40 pessoas e uma biblioteca com conteúdos direcionados para a temática da convivência com o semiárido.

Por Fabiana Francelino  –  Comunicação Cáritas Diocesana de Pesqueira

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR​