“Vocês são chamados a ungir o mundo com o óleo da misericórdia”, afirma Dom José Luiz ao sacerdotes na Missa dos Santos Óleos

Compartilhe:

No dia de ontem (31/08), teve lugar na Catedral Diocesana Santa Águeda, em Pesqueira, às 18 horas, a Missa do Crisma, comumente conhecida como a “Missa dos Santos Óleos”. Ordinariamente celebrada na Quinta-feira Santa, este ano teve que ser transferida para uma data posterior em virtude da pandemia da Covid-19. Nesta missa, além da renovação das promessas sacerdotais por parte do clero diocesano diante do seu Bispo, são abençoados os Santos Óleos dos Catecúmenos (para o Batismo), da Unção dos Enfermos, e é consagrado o Santo Crisma, para os Sacramentos do Batismo, da Confirmação e da Ordem.

Um número reduzido de sacerdotes participou da celebração presidida por Dom José Luiz Ferreira Salles, CSsR, bispo diocesano: membros do Conselho Presbiteral e apenas os padres residentes na cidade de Pesqueira, além do diácono Marcos Bezerra e alguns seminaristas nas funções litúrgicas e membros da PasCom Santa Águeda, responsáveis pela transmissão da celebração para os meios midiáticos.

Em sua homilia, Dom José contextualizou a celebração vivenciada nos tempos da pandemia. Destacou o sentido original e profundo da unção do ponto de vista bíblico, fazendo relação com o sentido da unção em nossos dias. Dirigindo-se diretamente aos sacerdotes, exortou:

“Como povo ungido e consagrado, que possamos hoje lembrar a nossa santa unção batismal, crismal e sacerdotal, lembrar do amor sem limites de Deus para com cada um de nós. Agradecidos ao Senhor por isso, que possamos também pedir que ainda desça sobre nós, cada dia, o óleo da sua misericórdia para que sejamos completamente conquistados por seu amor.”

Dom José Luiz refletiu ainda sobre a dimensão missionária da unção com o óleo, uma missão marcada pelo amor e pela misericórdia:

“Somos enviados a ungir a muitos com o óleo da alegria que vem do Senhor, para que cada ser humano conheça o verdadeiro amor de Deus e seja, por sua vez, capaz de amar. A unção à qual somos chamados a realizar representa a missão da Igreja e sua missão no mundo. Tal missão consiste no ungir o mundo do Cristo, com a sua santa unção a todos os irmãos e irmãs, fazendo descer, abundantemente, o óleo da misericórdia e da consolação dentro da sociedade de hoje, para que tudo se renove e se torne capaz de acolher a mensagem do amor e da misericórdia de Deus.”

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR​