Retorno às igrejas dia 1º: uso de máscaras e distanciamento

Compartilhe:

No dia 1º de agosto, as paróquias da Diocese de Pesqueira retomarão as suas atividades quanto às celebrações da Santa Missa e demais Sacramentos. Em Decreto oficial emitido por Dom José Luiz Ferreira Salles, CSsR, emitido nesta terça-feira (14), são estabelecidas as normas a serem cumpridas, de acordo com o Decreto Estadual de 17 de janeiro de 2020, do Governador do Estado de Pernambuco.

Dentre os trinta pontos a serem observados, um dos mais importantes diz respeito ao distanciamento entre as pessoas nos templos e obrigatório de máscaras por parte de todos os presentes às celebrações. Sobre isto nos diz o parágrafo 3 do Decreto:

Antes de cada celebração, sejam dadas as orientações necessárias a todos os participantes. Uma equipe devidamente preparada, oriente os fiéis já na entrada das igrejas, que devem disponibilizar para as celebrações álcool em gel ou líquido 70% para os fiéis. Todos devem usar máscara durante toda a celebração, retirada apenas no momento da Sagrada Comunhão. Sempre que possível, as portas de entrada devem ser distintas das de saída, havendo sinalização de sentido único, de modo a evitar que as pessoas se cruzem e possíveis aglomerações.

Mais adiante, o texto discorre sobre o distanciamento entre os fiéis no parágrafo 6:

A distância entre os fiéis seja de, no mínimo, 1,5m, inclusive entre a reduzida equipe celebrativa (ministros, liturgia, canto, acólitos). O número de fiéis em cada celebração será reduzido, e cada Padre, deverá realizar o controle deste fluxo junto com a secretaria paroquial e as equipes pastorais. De forma geral, deve ser respeitada a capacidade de 30% de ocupação do templo, observando o Decreto do Governo do Estado, datado de 17 de junho de 2020.  No entanto, onde o Município dispuser normas de forma diferente, seja seguida a orientação municipal, tendo em vista as diversas realidades sanitárias.

É importante ressaltar essa distância mínima de 1,50m entre uma pessoa e outra, o que nem sempre poderá equivaler à capacidade dos 30% de pessoas dentro do templo. Importante será sempre manter a distância exigida, garantindo, assim, que todos estejam seguros e participem bem das celebrações.

As 32 paróquias, áreas pastorais e reitoria estão em ritmo de preparação e adaptação de suas estruturas, orientando equipes e providenciando todo o necessário para um retorno tranquilo e seguro dos fiéis. A Vigilância Sanitária de cada um dos 13 municípios do território diocesano será convocada pelas paróquias para dar o apoio necessário nesse momento.

 

 

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR​