/
/
NOTA OFICIAL

NOTA OFICIAL

Nesta segunda-feira (10), foi divulgada uma Nota Oficial da Diocese de Pesqueira, na qual o senhor bispo diocesano fala sobre os recentes ataques, atos de violências e ameaças às Escolas da rede privada e particular no país e no território da diocese. E reassume o compromisso de cuidado e proteção dos jovens, crianças, adolescentes e educadores da rede diocesana de educação e das escolas públicas dos 13 munícipios que compõem a Diocese de Pesqueira.

Confira a íntegra da Nota:

“…Maria Madalena vai ao sepulcro, de madrugada, quando ainda estava escuro…” (Jo. 20,1)

É tempo de rever nossas Semeaduras…

Ao celebrarmos a Ressurreição do Senhor, o nosso olhar se volta à realidade da humanidade pela qual Jesus entregou a própria vida e ressuscitou. Seus ensinamentos, sua fidelidade ao Pai e sua compaixão pelos homens e mulheres são sementes de amor e vida para o mundo inteiro. Daí, nos perguntamos: quais os valores que estamos semeando em nossos corações e nos corações de nossos filhos, em nossos ambientes de trabalho, lazer, na convivência diária…?

À luz do Cristo Ressuscitado, precisamos rever nossas semeaduras… iluminar as diferentes realidades… inclusive, as situações que mais nos desafiam… o que nos leva a voltar nosso olhar, especialmente hoje, para os educadores, estudantes e familiares amedrontados por causa dos ataques, atos de violências e ameaças às Escolas. As Escolas, sobretudo no Brasil pedem, nossa atenção misericordiosa e urgente. Neste sentido, cabe informar que os Colégios da Rede Diocesana de Educação, de forma preventiva, têm implementando estratégias de proteção, segurança e bem-estar físico, psicológico e espiritual para os alunos(as), bem como medidas de segurança no trabalho para Professores e demais educadores.

A Diocese de Pesqueira assume o compromisso de fazer tudo que estiver ao seu alcance para continuar cuidando e protegendo com amor os jovens, crianças, adolescentes e educadores. E também expressa sua preocupação com o grito dos estudantes e professores da rede pública e da rede privada – responsabilidade de todos: famílias, instituições e autoridades constituídas. É imprescindível que as famílias e a sociedade estejam juntas para construir ambientes saudáveis e que ofereçam segurança dentro e fora de nossas escolas.

Somente quando semearmos sorrisos e gestos de amor, ternura acolhedora, escuta comprometida, presença atenciosa, serviço desinteressado, iremos criar a possibilidade de um horizonte marcado por uma aurora de “novos céus e nova terra.”

Deixemo-nos iluminar, levemos a Luz da Ressurreição nas nossas pobres e frágeis mãos, iluminando os recantos do nosso cotidiano em especial de nossas escolas e família. “Faz escuro, mas eu canto… porque o Senhor Ressuscitou!” (Thiago de Melo)

Pesqueira, 09 de abril de 2023 –

Páscoa da Ressureição do Senhor

 

Dom José Luiz Ferreira Salles, CSsR

Bispo Diocesano

Compartilhar: