O Pe. Adeildo Sebastião Ferreira, pároco de Nossa Senhora do Livramento, em Arcoverde, coordenador da Pastoral Carcerária na Diocese de Pesqueira, foi convocado pela Corte Interamericana de Direitos Humanos, com sede em San José, Costa Rica, para representar o Brasil na audiência pública sobre a realidade penitenciária no Brasil, especificamente acerca do Complexo Penitenciário do Curado, no Brasil.

A referida audiência será no próximo 28 de setembro, às 11 horas, durante o 111º Período Ordinário de Sessões. Segundo a Corte, a audiência tem por objetivo “receber do Estado brasileiro informação atualizada e pormenorizada sobre o cumprimento das medidas provisórias ordenadas no assunto e sobre os casos de violência e mortes ocorridos desde a adoção da Resolução por parte do Tribunal em 22 de maiode 2014.

Além do Padre Adeildo representante do Brasil, outros oito membros de diversos organismos internacionais como o Serviço Ecumênico de Militância nas Prisões, Justiça Global, Clínica Internacional de Direitos Humanos (USA) e a Clínica de Havard (USA) participarão da audiência.

PasCom Diocesana

Compartilhe nas redes sociais