Queridos irmãos e irmãs, neste 4º domingo da Páscoa a Igreja reza especialmente pelas vocações sacerdotais. Isto é importante por dois motivos: primeiro porque o próprio Jesus pediu e orientou a sua Igreja a rezar pelas vocações, pois “a messe é grande, mas os operários são poucos”; depois porque, pouco a pouco, o Papa Francisco vai desenhando o novo perfil do padre e do sacerdócio. Não mais aquele burocrata profissional da religião que não sai de seus escritórios confortáveis, mas aquele que passa a viver no meio do povo. Falando aos párocos de Roma, em março passado, o Papa Francisco pediu que eles fossem ao povo e não passassem seus dias dentro de sacristias. Ainda mais: comparou a Igreja a um hospital de campanha, pronta para cuidar das pessoas feridas. Com este perfil, começa-se a entender que o padre não é um administrador de dízimos, mas companheiro de vida, principalmente nos momentos em que a vida é atingida dolorosamente. Diante deste quadro, o Dia Mundial de Orações pelas Vocações Sacerdotais intercede à graça divina para que a Igreja tenha padres modelados segundo o coração de Jesus, que perambulava pelas estradas de sua terra, ia ao encontro do povo sofrido na alma e no corpo.

Outra data comemorada neste domingo é o Dia das Mães. Nós o entendemos como uma oportunidade para convidar as mães a se deixarem evangelizar e a se tornarem evangelizadas, isto é, envolvidas e tomadas pela mentalidade do evangelho. Para que isto aconteça, a liturgia deste domingo propõe que as mães se inspirem no Bom Pastor. Sejam mulheres dedicadas às suas famílias e assumam a maternidade como graça divina, e principalmente, se tornem portas para que, a exemplo do Bom Pastor, seus filhos e filhas possam passar para se encontrarem com Deus. Portas abertas igualmente para que Deus possa entrar e fazer morada em suas casas. Neste mês de maio, tradicionalmente dedicado a Maria, a mãe de Jesus, rezamos para que as mães se modelem em Nossa Senhora que viveu a plenitude o evangelho em sua vida e dela aprendam a iluminar suas vidas no evangelho.

Estes dois temas – vocacional e materno – como que acendem a primeira luz preparatória para o próximo Sínodo sobre a Família, que vai acontecer em outubro próximo. Do ponto de vista do Bom Pastor, a Igreja intercede a graça de conduzir as famílias nos caminhos do evangelho, condição indispensável para que as famílias sejam fontes vocacionais, graças ao testemunho de mães evangelizadas e evangelizadoras.  Um momento importante também para rezar desde já pelo Sínodo, para que as famílias sejam iluminadas pelo Bom Pastor e se deixem conduzir por Ele às fontes da vida divina.

Parabéns, mamães! Rezem vocês hoje também pelas vocações. O sacerdote sai de uma família que reza. Reze hoje para que Deus continue chamando jovens para o serviço da Igreja, jovens da sua casa, da sua família.

Que tenhamos um domingo abençoado, cheio da graça e da bênção de Deus. Por intercessão de Nossa Senhora, Mãe de todas as mães, que desça sobre todos nós, sobre nossas casas, sobre nossas famílias,sobre todas as mães enfermas, desesperadas, as mães dos sacerdotes, a  bênção do Deus cheio de bondade, o Pai + e o Filho e o Espírito Santo. Amém.

Compartilhe nas redes sociais