Como acontece todos os anos, por ocasião do Domingo de Ramos, a Igreja do Brasil, ao vivenciar a Campanha da Fraternidade, realiza a Coleta da Solidariedade, gesto concreto da CF destinado a projetos de evangelização na linha social. Segundo Dom José Luiz “esta coleta é destinada aos pobres. Por meio deste gesto concreto a Igreja dá um testemunho de fraternidade, aponta para o caminho cristão da partilha, para a superação das grandes desigualdades presentes nas estruturas da sociedade brasileira”.

A coleta das missas de sábado e domingo é distribuída na Igreja em nível nacional, regional e local. Parte destinada a Diocese, destina-se ao Fundo Diocesano de Solidariedade, que tem a missão de incentivar os diversos projetos sociais existentes na diocese.

Em 2014, a coleta em nível diocesano arrecadou R$  18.476,76. Deste total, foram repassados para a CNBB Nacional R$ 5.520,28 e para a CNBB Regional Nordeste 2, R$ 1.848,08. Para a Diocese, R$ 11.116,40. Deste total, 30% foram para a equipe da Campanha diocesana articular a CF na diocese;  e ainda foram apoiados dois projetos ligados à juventude em Sanharó e em Tupanatinga, no valor de R$ 1.500,00 para cada projeto. Restam ainda no Fundo de Solidariedade para outros projetos na diocese R$ 4.533,73.

A Coleta diocesana 2015 terá a seguinte finalidade:

– 50% para o Fundo Diocesano de Solidariedade;
– 10% para a articulação da equipe da Campanha;
– 40% para a Arca da Aliança, no projeto da construção da Casa de Acolhimento  às pessoas em situação de rua, em Pesqueira.

PasCom Diocesana

Compartilhe nas redes sociais