Foi publicada na manhã desta sexta-feira (19) a nota oficial da Diocese de Pesqueira, através do seu bispo Dom José Luiz Ferreira Salles, CSsR, a mensagem acerca da reabertura dos templos para as celebrações dos sacramentos. No texto, Dom José, além de deixar clara a posição desfavorável da Diocese acerca da abertura dos templos, destaca outros pontos importantes referentes à realidade da Covid-19 (Corona Vírus), começando pela necessidade de valorizar, acima de tudo, a vida:

“A vida é dom e responsabilidade. É preciso cuidar, com calma e paciência. Toda ação precisa salvaguardar a vida das pessoas, especialmente a vida dos mais fracos. A religião precisa permanecer do lado dos mais frágeis. Quando não se leva em consideração a vida, então já não há religião, mas opressão.”

O isolamento social foi algo bastante enfatizado pelo Bispo em sua mensagem, como caminho mais viável para combate à Pandemia:

“O isolamento social continua sendo a melhor arma. Lavar sempre as mãos com água e sabão, usar máscaras e ocupar a mente também ajudam. A pandemia do coronavírus é violenta, mas não é eterna. Tudo na vida passa. O cuidado de si e dos outros é atitude de quem tem consciência. É preciso respeitar os limites que as circunstâncias da vida impõem. Não adianta ultrapassá-los. O vírus está provando o quanto a vida é frágil. Nesta pandemia, cuidado é sinônimo de prevenção. Diante dessa realidade determino que continue em vigor para todas as Paróquias da Diocese, até que o Bispo Diocesano diga o contrário, o último decreto diocesano de orientações e normas quanto à abertura das Igrejas, celebrações em público, reuniões, catequese e outras atividades pastorais.”

Confira a mensagem na íntegra:

NOTA OFICIAL 19.06.2020

 

Compartilhe nas redes sociais