No ano do seu centenário, a Diocese de Pesqueira acolhe uma nova comunidade religiosa: as Irmãs Missionárias Capuchinhas, formada pelas irmãs Iracilda M. Carvalhêdo, Charla Madba Cuesta Tinoco e Rosângela Lopes de Lima.

A nova casa religiosa está no distrito de Mulungu, em Sanharó, Paróquia do Sagrado Coração de Jesus. A nova comunidade foi aberta no último (26) com a presença de Dom José Luiz Ferreira Salles, CSsR, bispo diocesano, e do Pe. Marcílio Dimas, pároco local.

Foram as próprias religiosas que escolheram o Distrito para ajudar na evangelização. A Irmã Davina, vice-Madre Geral, esteve presente na celebração, juntamente com a Ir. Francisca, Conselheira Provincial.

Na ocasião, a vice-Madre apresentou a congregação para a comunidade utilizando-se do texto bíblico “Não tenho nem ouro nem prata…” (At 3,6), ressaltando, assim, a simplicidades das religiosas. Destacou o trabalho missionário e social realizado pelas mesmas. O Conselho Pastoral da comunidade deu as boas-vindas às religiosas, ressaltando a importância da presença delas para o crescimento da mesma. Todo o povo conduziu as irmãs até a nova casa onde foi colocado Jesus Eucarístico na capela privada.

Compartilhe nas redes sociais